Em reunião de prefeitos na Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC) nesta quinta-feira (8) foram apresentados os resultados dos três primeiros meses de atuação do Sarasul, o Serviço Aeromédico da região Sul, completos no último dia 21 de março.

Além dos prefeitos da AMREC, o presidente da Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (AMESC) e prefeito de São João do Sul, Moacir Francisco Teixeira, também participou da reunião, junto ao Gerente Executivo, Heriberto Schmidt.

A apresentação foi realizada pelo coordenador médico da OZZ, José Nixon Batista, representando a empresa contratada para realizar a parte médica do serviço. Até o momento 63 atendimentos foram realizados, sendo 22 na região da AMESC (Araranguá), 21 na região da AMUREL (Tubarão) e mais 19 na AMREC. Hoje 11 médicos trabalham no serviço.

Dados foram apresentados em reunião na AMREC. (Foto: divulgação)

A aeronave é utilizada pelos dois serviços: o Sarasul e o pelo Serviço Aeropolicial (Saer). A aeronave, que é da Polícia Civil, é utilizada pela OZZ, para operação do Sarasul. A OZZ hoje recebe um valor mensal pago pelos municípios da AMREC, por meio do Consórcio Intermunicipal Multifinalitario da AMREC (CIM-AMREC).

O médico José Nixon, ainda deu exemplo de uma gestante atendida em Araranguá, e que precisou de UTI Neonatal. “No momento do atendimento a serra estava fechada e precisou ser transferida para UTI em Lages. Aquela vida foi salva pelo serviço”, disse médico.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp