Publicidade

Em primeiro dia com novos avaliadores de trânsito em Jaraguá do Sul, de 15 alunos apenas um é aprovado

Compartilhar
Foto Divulgação

Foto Divulgação

Após o desenrolar da Operação Sinal Vermelho que desarticulou um esquema montado entre a Associação das Autoescolas do Vale do Itapocu e o examinador de trânsito que atuava a mais de 10 anos na região e facilitava os testes em troca de uma propina de R$ 5 reais por aluno, paga pelos centros de formação, nesta quinta-feira (6) os dois novos avaliadores começaram a atuar e já aplicaram a primeira prova.

No total, 15 alunos foram avaliados e apenas um conseguiu passar no teste prático, número que destoa e muito das estatísticas anteriores, quando eram feitos em média 100 testes e apenas três reprovavam. Segundo o delegado regional Adriano Spolaor, são duas situações que podem ser observadas. "Podemos levar em conta sim que por toda a situação os alunos estejam nervosos e acabem errando, mas sem dúvida isso também deixa claro que havia uma facilitação e que agora com os novos policiais e nova metodologia de testes isso acabou", afirmou Spolaor.

Além de agora a lei estar sendo seguida à risca, o delegado afirma que os policiais recém-formados no curso de avaliadores estão aplicando uma metodologia que aplica três testes diferentes. "Antes era só um circuito e todos viam o outro aluno fazendo e já repetiam, agora, mudamos, são três testes diferentes, e cada um é sorteado para um deles, sem saber antes o que irá fazer" afirma.

 

Além dos dois policiais, até o ano que vem um terceiro examinador deve ser inserido.

Ministério Público considera número uma prova

Para o promotor do caso, Márcio Cota, o número demonstra claramente que antes, havia uma facilitação. "Não podemos aceitar que de 97% de aprovação agora tenhamos apenas um dentro de 15. Está bem claro que havia uma facilitação e muito grande, e isso pode ter gerado muito motorista incapacitado andando pelas ruas da cidade" destaca Cota. Os números devem se somar ao processo como prova de incongruências.

&feature=youtu.be

 

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?

Compartilhar