Na tarde desta quinta-feira, a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Sangão, realizou uma operação, no distrito de Morro Grande, para o cumprimento de três mandados de busca e apreensão domiciliar, expedidos pelo Juízo da 2ª Vara da Comarca de Jaguaruna.

Os mandados são resultados da investigação que apura uma série de crimes de roubo à mão armada, registrados no mês de abril, dentre eles contra uma pedestre, um entregador de lanches, um casal proprietário de uma loja de confecções, um laboratório e até um vendedor de ovos.

Durante a operação, em uma das casas, foram encontradas diversas peças de roupas, avaliadas em aproximadamente R$ 13 mil, subtraídas na madrugada de 12 de abril, no pátio do Posto Planalto, em Sangão. Naquele dia, dois criminosos, em uma motocicleta e com o emprego de arma de fogo, roubaram o veículo do casal proprietário de uma loja de confecções, localizada no Centro, carregado com diversos vestuários.

Fotos: Divulgação Polícia Civil

Eles acabavam de retornar de uma excursão para compras na cidade de São Paulo (SP). Um homem de 18 anos foi preso em flagrante pelo crime de receptação, uma vez que ocultava em sua residência grande parte dos vestuários subtraídos.

A operação contou com o apoio de policiais das Delegacias de Polícia Civil de Jaguaruna, Treze de Maio, Capivari de Baixo, Núcleo de Operações com Cães (NOC) e Serviço Aeropolicial (Saer) da Polícia Civil, e do Destacamento da Polícia Militar de Sangão.

"Os trabalhos investigativos prosseguirão para a identificação dos demais envolvidos", informou a PC.