Em um áudio enviado para parentes, o policial militar que matou oito pessoas no Paraná explica o motivo dos crimes.

Fabiano Junior Garcia relata o fim do relacionamento com a esposa.

“Família, me desculpa, mas eu não ia conseguir viver sem a Kassiele. Ela já não estava mais se importando com o jeito que eu ia lidar com ela. Ela não estava mais se importando se eu ia dar atenção para ela ou não. Ela deixou a entender que não fazia mais questão de ficar comigo”, afirmou o militar no áudio.

Garcia conta que dedicou a vida para a mulher e que teve depressão.

Por isso, acabou entrando no jogo e se distanciou da mulher.

Em seguida, ela faz uma correlação do relacionamento com dificuldades financeiras.

“Eu já queria fazer isso mesmo, porque eu não consigo conviver com a situação da minha mãe. Eu vivo financeiramente fudido e alguém tem que arcar com as despesas de tudo lá. Então, pra não deixar peso pra ninguém, eu fiz isso”, comenta.

Ouça o áudio:

Cláudio Costa · Em áudio, policial militar explica porquê matou oito pessoas, entre elas seis parentes, no PR

Crimes e suicídio

As oito mortes, seis delas de parentes do PM, ocorreram entre a noite desta quinta-feira (14) e a madrugada desta sexta-feira (15). O policial militar fez vítimas em Toledo e em Céu Azul, cidades distantes cerca de 60 quilômetros no Oeste do Paraná. Segundo o boletim de ocorrência, ele matou inicialmente a mulher, Kassiele Moreira, e a enteada Amanda Mendes Garcia, de 12, na casa onde moram em Toledo.

Em seguida, foi até a casa onde a mãe, Irene Garcia, de 78, morava com o irmão Claudiomiro Garcia, de 50, e matou os dois. Na saída, matou aleatoriamente dois jovens que passavam pela rua, Kaio Felipe Siqueira da Silva e Luiz Carlos Becker.

Fabiano dirigiu ainda até Céu Azul e matou os dois filhos mais novos, Miguel Augusto da Silva Garcia, de 4 anos, e Kamili Rafaela da Silva Garcia, de 9.

O militar teria então retornado para Toledo e se deparou com uma equipe da PM que prestava atendimentos no local onde ele havia matado a mulher e a filha. Ele então passou em baixa velocidade pelo local e, após estacionar o carro, disparou conta a própria cabeça, segundo os policiais.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes detrânsito , ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança