Na noite de sábado, uma guarnição da Polícia Militar estava no bairro São Sebastião, em Criciúma, realizando o abastecimento da viatura, quando um automóvel se aproximou rapidamente no posto de combustível.

Um casal, desesperado, com um bebê no colo, pediu por socorro. A criança, de apenas 17 dias, estava engasgada.

Os policiais então realizaram a manobra de heimlich e, após uns 30 segundos, o menino chorou e voltou a respirar.

Após constatar que o bebê já estava respirando normalmente, os policiais entregaram o menino para a mãe e orientaram os pais que o levassem a um pronto-socorro para atendimento médico.