Um eleitor do colégio Judite Duarte de Oliveira, localizado no bairro Sangão, em Criciúma, iniciou um princípio de confusão por alegar erro na urna eletrônica. Segundo a Polícia Militar, ele reclamava do equipamento, pois durante o seu voto não apareceu a opção do candidato escolhido.