A noite de Natal para a família de Thalia Ferraz terminou de forma trágica em Jaraguá do Sul. A jovem, de 23 anos, foi morta a tiros dentro de casa, no bairro Rio Cerro I, por volta das 23h35.

Thalia morava com os dois filhos, uma tia e uma sobrinha. De acordo com a família, ela vinha recebendo ameaças de um ex-namorado, com quem teve um relacionamento entre final de outubro e dezembro deste ano.

A sobrinha, Larissa Santos, conta que Thalia terminou o namoro porque o homem, de 42 anos, estava se mostrando muito possessivo.

Conforme um vídeo gravado pelos familiares, na mesma noite do crime, o ex-namorado já tinha ido até a casa de Thalia para fazer ameaças. Ambos eram vizinhos.

Larissa conta que pouco tempo depois, o homem voltou com uma arma calibre ponto 38.

"Ele estava atirando pra todos os lados. Como minha tia era deficiente auditiva, ela correu para o quarto desesperada quando viu a movimentação, e foi nessa hora que ele conseguiu atingir o tórax dela com um tiro", relata.

Larissa observa que o homem também atirou na direção da mãe e do irmão dela, mas os tiros acertaram o box do banheiro.

"Ele quebrou toda a casa, os vidros e portas", completa.

Após o crime, a família de Thalia e as testemunhas que estavam no local dizem que o homem fugiu com uma camionete Amarok, na cor branca.

A investigação segue em andamento.

 

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança