A Polícia Civil deve indiciar Eduardo Coimbra, de 26 anos, por dois crimes cometidos em Massaranduba.

Além do homicídio doloso contra o policial militar rodoviário Alexandre Maciel, o criminoso será indiciado pelo roubo de uma caminhonete em um sítio no bairro Butuca.

O delegado titular da Delegacia da Comarca de Guaramirim, Eric Uratani, afirma que os dois crimes são investigados em inquéritos separados.

De acordo com o delegado, o mandado de prisão preventiva cumprido no último fim de semana, em Blumenau, foi expedido durante a investigarão da morte do cabo da Polícia Militar Rodoviária.

“A partir do cumprimento do mandado, a gente tem 10 dias para o cumprimento do inquérito. A gente está terminando de fazer as diligências, algumas oitivas que faltavam. Fizemos uma troca de informações com a DIC de Itajaí. Eles fizeram as oitivas de testemunhas importantes e que podem permitir o indiciamento, que deve sair no fim de semana”, frisa.

O atropelamento que resultou na morte de Maciel, no dia 24 de abril, no quilômetro 50 da SC-108.

Logo após o crime, Coimbra se embrenhou na mata.

Após cinco dias de buscas feitas por dezenas de policiais militares, o foragido do Presídio Regional de Blumenau rendeu o dono de um sítio e roubou uma Volkswagen Amarok para fugir.

Uratani explica que um segundo inquérito apura o roubo da Amarok.

Foto: Fábio Junkes/OCP News

A investigação está a cargo da Delegacia da Comarca de Massaranduba.

O delegado explica que o indiciamento também deve ocorrer. Assim que for finalizado, o relatório deve ser enviado para a Justiça.

“A gente vem trocando informações com a DIC de Blumenau e ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas no momento do cumprimento do mandado. O delegado Rodrigo Reitz pediu a conversão do flagrante em preventiva e já foi deferida”, destaca.

Coimbra também deve responder pelo constrangimento ilegal contra um motorista.

Ele fez a vítima refém para conseguir fugir de outro cerco após bater a Amarok no bairro Itoupava Central.

O criminoso conseguiu fugir durante 13 dias da polícia.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito, ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança