A Justiça decidiu levar a júri popular dois homens acusados por um homicídio em Blumenau em 1º de novembro de 2016. A decisão foi assinada nesta quinta-feira (9) pelo juiz Lenoar Bendini Madalena, da 1ª Vara Criminal.

O crime ocorreu na frente de um bar no bairro Badenfurt, por volta das 23h30. Um dos réus, a mando do outro, considerado o líder de uma facção criminosa na comunidade, atirou cinco vezes contra uma mulher de 43 anos. Os tiros atingiram crânio, tórax e membros superiores. Três deles foram disparados pelas costas.

A vítima foi morta por ser informante da polícia, conforme consta o processo com base no inquérito policial. Os réus estão presos e assim devem continuar até o julgamento. Eles responderão ainda por duas qualificadoras: motivo torpe e por não possibilitar chance de defesa à vítima.

“Pelas provas contidas nos autos existem indícios suficientes de que os acusados tenham cometido o crime”, afirma o juiz, em sua decisão. Acusação e defesa, a partir de agora, têm cinco dias para apresentar as testemunhas que irão depor.

Quer receber as notícias no WhatsApp?