O sonho da casa própria que se tornou um verdadeiro pesadelo. É assim que aproximadamente 30 pessoas se sentem em Blumenau, ao descobrirem que caíram em um golpe.

Silvio Sandri é apontado como dono de uma construtora que teria aplicado golpes que somados ultrapassam a casa dos R$ 11 milhões. No esquema fraudulento, ele vendia repetidamente os mesmos apartamentos de no mínimo três prédios que seriam construídos na cidade.

As investigações, que começaram no começo do ano e foram concluídas há cerca de um mês, apontam que Sandri, por meio da construtora Concretize, teria comercializado um único apartamento para pelo menos sete compradores.

Foto Juan Todescatt/Portal Alexandre José

Algumas vítimas adquiriram as unidades por um valor de aproximadamente R$ 110 mil. A Justiça decretou a prisão preventiva de Silvio há cerca de duas semanas, mas ele está foragido.

O Ministério Público já se manifestou favoravelmente ao inquérito apresentado pela polícia e pediu o bloqueio das contas e o sequestro dos bens de Sandri. Ainda conforme o órgão, há suspeita de que o acusado tenha cometido o crime de estelionato 43 vezes apenas neste caso.

Já os compradores que se sentiram lesados formaram uma associação, junto com advogados, para tentar reaver parte dos valores investidos e que foram perdidos com os golpes.

Quer receber as notícias no WhatsApp?