Ação ocorreu na noite desta quarta-feira | Foto Polícia Civil/Divulgação

Ação ocorreu na noite desta quarta-feira | Foto Polícia Civil/Divulgação

Dois estabelecimentos em Joinville foram interditados em ação da Polícia Civil na noite desta quarta-feira (5).

Na rua Ottokar Doerffel, no bairro Anita Garibaldi, o alvo foi o Burnout Muscle Bar. A partir do requerimento assinado por moradores e do conteúdo de boletins de ocorrência, a polícia averiguou a denúncia de poluição sonora e perturbação do sossego em decorrência de reprodução e execução de música e algazarras no estabelecimento.

"Durante os trabalhos constatou-se a inexistência de sistema de isolamento acústico, a falta de licenciamento ambiental específico para evitar poluição sonora e a falta de alvará da Polícia Civil", afirma a polícia.

Já no bar Bate Ponto (ou bar da Dete), na rua Julio Stolf/Rodovia do Arroz, no bairro Vila Nova, a fiscalização ocorreu por requisição do Ministério Público de Santa Catarina. Segundo a Polícia Civil, a 14ª Promotoria de Justiça determinou a adoção de medidas de polícia administrativa, isso na hipótese de constatação de qualquer irregularidade impeditiva para o funcionamento de atividade comercial.

Durante a fiscalização, conforme a Polícia Civil, foi constatada a inexistência de autorização para funcionamento  - alvarás municipal, sanitário, atestado de vistoria do Corpo de Bombeiros e alvará da Polícia Civil.

De acordo com a Polícia Civil, os dois casos "seguem ainda para a Municipalidade adotar as medidas de sua competência". Outras unidades da Polícia Civil devem investigar a prática, em tese, de infrações penais.

Veja fotos da ação da Polícia Civil:

Quer receber as notícias no WhatsApp?