Duas mulheres foram vítimas do chamado “golpe do achadinho”, em Jaraguá do Sul. Os dois casos de estelionato foram registrados no Centro. Ambos os golpes foram dados na avenida Marechal Deodoro da Fonseca. O primeiro deles aconteceu na segunda-feira (12), por volta das 12h . A mulher de 31 anos relatou aos policiais militares que um homem encontrou um pacote aparentemente cheio de dinheiro. O golpista propôs a divisão do dinheiro, mas um segundo estelionatário disse ser o dono da suposta quantia. Os dois estelionatários convenceram a mulher a entregar o dinheiro em um escritório, mas, para isso, pediram a bolsa como garantia. Ela deixou R$ 500, um celular, a chave de uma moto e os documentos com os golpistas. Quando chegou no local indicado, a vítima percebeu que não havia dinheiro dentro do pacote, mas sim jornais dobrados. Um dos homens era magro, estava de camisa listrada, boné vermelho e calça jeans clara. O outro golpista estava de camisa azul, calça jeans clara e tinha o cabelo preto e curto.
Foto: 14º BPM/Divulgação
Foto: 14º BPM/Divulgação
O segundo caso foi relatado por uma mulher nesta terça-feira (13). Segundo a Polícia Militar, a mulher de 50 anos foi enganada por volta das 10h, próximo da agência da Caixa Econômica Federal. Um homem moreno, alto e magro e um mais gordo com estatura mediana abordaram a vítima. Um deles disse que estava passando mal e precisava ir até o hospital. Eles pediram para que a mulher deixasse um pacote com dinheiro em um escritório na rua Ferdinando Pradi, no Centro. No local, a vítima iria ganhar uma recompensa. A senhora concordou em levar o pacote e deixou a bolsa com os estelionatários.                Quando chegou no local, ela não encontrou o endereço e percebeu que tinha sido vítima de um golpe. A mulher perdeu R$ 900, o cartão de crédito e a identidade.