Confira na íntegra o material enviado à imprensa: "O diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) Valter Casimiro Silveira, se comprometeu em retomar a obra do viaduto da Avenida Waldemar Grubba (trecho urbano da BR-280) na próxima semana.  A informação foi repassada na tarde nesta quinta-feira (14) ao prefeito Dieter Janssen pelo deputado federal Mauro Mariani que participou de audiência com Silveira. O deputado federal Jorginho Mello também intercedeu em Brasília e foi outro político que fez o contato com o prefeito para informar sobre a retomada da obra que se arrasta há dois anos. De acordo com o Dnit a obra deve ser assumida pela mesma empresa que já realiza a manutenção da pavimentação em rodovias federais. Ainda na tarde desta quinta-feira, o prefeito Dieter recebeu a informação do deputado federal Espiridião Amin que foi marcada uma audiência para a próxima quarta-feira (20) com o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Malta Lessa, para que seja discutida a demora da entrega e providência para a conclusão do viaduto. A participação de Dieter nesta audiência vai depender se a retomada da obra ocorrer antes da quarta-feira, conforme foi sinalizado pelo Dnit".  Na semana que vem também está programada uma segunda manifestação pela finalização e entrega do viaduto. O evento ocorre na sexta-feira (22), entre 16h e 20h, na Avenida Prefeito Waldemar Grubba, em Jaraguá do Sul. Conforme a organização, o protesto é apartidário (sem envolvimento de partidos) e pacífico. Haverá uma equipe de oito pessoas orientando os participantes e o som será livre para a comunidade expor suas críticas quanto a obra. Um carro de som avisará a comunidade sobre o fechamento parcial da avenida. A organização afirma que o objetivo do protesto é demonstrar às autoridades o descontentamento da comunidade quanto a obra e conseguir uma data firme para a entrega do viaduto. "Queremos um protesto pacífico, responsável e legítimo. Por isso, assegurados pelo Art. 5, inc. XVI da Constituição Brasileira, iremos avisar as autoridades competentes sobre a realização do protesto e o fechamento da avenida. As entidades avisadas são: Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Prefeituras de Jaraguá do Sul e Schroeder e o Hospital São José", comentou Christian Pires, um dos organizadores da manifestação.