DNIT faz reparos emergenciais após rachaduras aparecerem na BR-470 em Ascurra

Foto: Divulgação / PRF

Por: Luan Tamanini

14/02/2024 - 10:02 - Atualizada em: 14/02/2024 - 10:03

Equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) precisaram fazer reparos emergenciais no quilômetro 90,5 da BR-470, em Ascurra, na manhã desta quarta-feira (14).

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a medida foi necessária após rachaduras e afundamentos da pista serem registrados no trecho.

A rodovia chegou a ser totalmente bloqueada em duas oportunidades, devido ao risco aos motoristas.

Finalizados os reparos emergenciais, o fluxo de veículos foi liberado e está fluindo nos dois sentidos.

Ainda pela manhã, o trânsito deverá ser alterado e funcionar no sistema de Pare e Siga para colocação do asfalto.

Deslizamento em Rio do Sul

A BR-470 precisou ser totalmente interditada em Rio do Sul durante a madrugada desta quarta-feira. Conforme a PRF, o trecho da rodovia cedeu após um deslizamento de terra. A suspeita é de que o asfalto tenha cedido devido às fortes chuvas que atingiram a região durante a madrugada.

O fato ocorreu no quilômetro 143 da rodovia, entre Agronômica e Rio do Sul. Informadas da situação, equipes do DNIT e da PRF e dirigiram ao local para orientar os motoristas.

Ainda não há uma previsão sobre quando o trecho será liberado.

Carro cai na cratera

Um carro que transitava pela rodovia, porém, acabou caindo na cratera. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motorista do veículo não percebeu os sinais de alerta emitidos por populares e caiu na cratera.

Os bombeiros se dirigiram com urgência ao local e prestaram atendimento médico aos ocupantes do veículo, um casal de idosos.

Conforme os socorristas, os dois conseguiram deixar o carro sozinhos, mas precisaram de auxílio dos bombeiros para subir a encosta e retornar ao asfalto.

Apesar do susto, os dois não se feriram e recusaram encaminhamento ao hospital.