Reportagem de William Fritzke para o jornal O Correio do Povo. Começou a funcionar nesta segunda-feira (12), na Delegacia de Polícia Civil de Jaraguá do Sul, a Divisão de Furtos e Roubos, criada pelo delegado regional Adriano Spolaor. A equipe, composta por um delegado, um escrivão e cinco agentes, terá como foco os crimes de furtos e roubos registrados na comarca. Segundo estatísticas da delegacia, atualmente são cerca de 20 a 30 registros do gênero por dia, o que estimulou Spolaor a formar o grupo. “É um marco gigantesco para a cidade. Fora Florianópolis, desconheço essa divisão em outras comarcas. É um ganho imensurável, a sociedade vai sentir a médio e curto prazo os efeitos da divisão. É um diferencial”, afirmou Spolaor. O delegado à frente da equipe é Eric Uratani, que já esteve em Jaraguá do Sul em 2012 quando foi o responsável por começar os trabalhos da DIC (Divisão de Investigações Criminais). Uratani permaneceu como responsável até 2015 quando foi transferido para Dionísio Cerqueira, no Oeste de Santa Catarina, após uma promoção. Uratani assume 50 procedimentos Conhecido pelo excelente trabalho com investigações, segundo Spolaor, e com a recente formatura de novos delegados, Uratani conseguiu voltar a Jaraguá do Sul e comemora a abertura da nova divisão. “Estou feliz pela criação deste grupo. São policiais muito empenhados e com vontade de trabalhar. Claro que não temos o número ideal de policiais na equipe, mas, se comparado a realidade de Santa Catarina, estamos muito bem. Sem dúvida faremos o máximo para desempenhar um excelente trabalho”, afirmou Uratani. A partir de agora, todos registros de crimes do gênero serão repassados para o grupo. Inicialmente a equipe assumiu 50 procedimentos em andamento para investigação. Todos serão avaliados e investigados de acordo com critério de prioridade.