Uma discussão a respeito da guarda de uma criança terminou em agressões e duas prisões na noite desta sexta-feira, em Jaraguá do Sul.

A Central Regional de Emergência (CRE) foi acionada por homem que denunciava a ex-esposa por impedí-lo de passar o fim de semana com seu filho, direito adquirido judicialmente no processo de separação.

O homem de 28 anos informou que tem o direito de buscar seu filho a cada 15 dias às 22:30 de sexta feira, conforme acordo firmado em audiência de conciliação, mas a ex não estava querendo entregar a criança.

Após abordagem policial, a mulher liberou o filho para ir com o pai, prevalecendo assim o acordo firmado entre as partes.

O homem relatou também ter sido agredido com um soco no rosto pelo atual marido da mulher, e apresentava um ferimento no lado esquerdo do rosto.

O marido atual, de 44 anos, negou ter cometido a agressão e acusou o solicitante de ter entrado em seu apartamento sem a sua autorização. Diante dos fatos, ambos foram detidos e como eles aceitaram o benefício da lei 9099/95 e se comprometeram a comparecer em audiência no Juizado Especial, foram liberados após a lavratura do termo circunstanciado.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul