O primeiro homicídio do ano em Jaraguá do Sul foi registrado por volta das 21h de sábado (10), em Jaraguá do Sul. O chapa Paulo Cesar Rodrigues, 48 anos, foi atacado a facadas em uma quitinete na rua Venâncio da Silva Porto, no bairro Nova Brasília. Ele foi esfaqueado na barriga pela mulher com quem morava. Paulo levou um golpe de faca na barriga e, de acordo com testemunhas, perdeu muito sangue.
Logo após o ataque, a autora fugiu e diversas guarnições procuraram por ela. Um policial militar ligou para o telefone da mulher e a convenceu de que a sua situação seria melhor se ela se apresentasse. Ela foi localizada num bairro próximo e levada para a Delegacia de Polícia Civil. Ela teria alegado para o delegado de plantão que agiu em legítima defesa e teria sido solta horas depois.
A vítima e a mulher, que não teve o nome revelado, estavam em uma lanchonete localizada na mesma rua da quitinete em que moravam. O chapa e a autora do homicídio estavam bebendo e começaram uma discussão. Segundo um vizinho que não quis se identificar, os dois discutiam com frequência, principalmente quando ela ia até a lanchonete para buscar o companheiro. Ele não era tranquilo, mas não tinha desentendimentos com outros moradores.
Após o desentendimento, a mulher foi até a quitinete e Paulo saiu logo em seguida. Depois de cerca de dez minutos, ele voltou andando com dificuldade para o bar e foi socorrido por populares. O homem estava com um corte na barriga, na altura do umbigo, sangrando muito. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi chamado para atender Paulo, que foi inconsciente para o Hospital São José. Ele morreu ao dar entrada na unidade.
LEIA TAMBÉM: Homem morre após ser esfaqueado em quitinete em Jaraguá do Sul