A Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil de Jaraguá do Sul realizou o dobro de prisões em flagrante no ano de 2019 em comparação com o ano passado. Ao todo, os policiais civis prenderam 24 pessoas na cidade. Em 2018, ocorreram 12 prisões.

O delegado titular da divisão, Daniel Dias, comenta que foi um ano muito produtivo para a DIC e que houve muito mais prisões do que no ano passado. Ele afirma que é um ciclo e que deve surtir efeito nos índices do ano que vem.

“Em um ano é muito bom de prisões e no outro normalmente é mais tranquilo. Até porque as investigações levam um tempo para se concretizar e aí gerar as prisões. Foi um ano de grande produtividade nas prisões em flagrante, explica.

Denúncias são checadas

Dias ressalta que as denúncias que chegam da comunidade através do telefone 181 são muito importantes no trabalho que é desenvolvido pelos agentes da DIC. O delegado garante que todas as informações repassadas pela comunidade através são checadas.

“A nossa ideia é checar todas as denúncias. Vamos até o local e verificamos todas essas informações. Às vezes, a denúncia não tem muitas informações, o que dificulta a confirmação. Mas 100% das informações que chegam nas nossas mãos são verificadas”, destaca.

O delegado reitera que todas as denúncias são importantes, pois muitas delas ajudaram os policiais civis nas prisões em flagrante. Dias frisa que os flagrantes são realizados após um trabalho sério de investigação, pois "é muito difícil fazer uma prisão contando com a sorte".

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul

Facebook Messenger