A DIC (Divisão de Investigação Criminal) da Polícia Civil em Jaraguá do Sul, cumpriu, no início da tarde desta terça-feira (21), um mandado de prisão temporária contra um dos autores da tentativa de latrocínio contra um casal de idosos na localidade de Garibaldi.

De acordo com o delegado Diones de Freitas, também houve cumprimento de mandado de busca e apreensão na residência do investigado, no bairro Barra do Rio Cerro. Foi apreendido um aparelho celular, que será encaminhado ao IGP (Instituto Geral de Perícias) para ser periciado.

A prisão temporária tem prazo de 30 dias, período que pode ser prorrogado por mais 30 dias. Dependendo do rumo das investigações, pode ser convertida em preventiva, que possui prazo indeterminado.

A investigação aponta que o homem preso pelos policiais civis trabalhou na propriedade das vítimas como pedreiro. Ele conhecia a rotina dos moradores e vizinhos, além de ter amplo conhecimento do interior residência.

No dia 4 de julho, por volta das 23h50, ele e outros dois homens, todos armados, arrombaram a porta da sala da casa e renderam o casal de idosos que estava dormindo no quarto. Os criminosos exigiram dinheiro das vítimas, mediante agressões físicas e ameaças.

Durante o assalto, vizinhos perceberam a ação dos criminosos e tentaram intervir na ação. Mas foram atingidos por tiros disparados pelos bandidos. Os assaltantes fugiram em um Fiat Idea branco. O carro sofreu danos no vidro do passageiro da frente após ser atingido por um dos disparos.

Os bandidos acabaram roubando das vítimas dois aparelhos celulares, um violão e cerca de R$ 180. Uma das vítimas, um idoso de 77 anos, ainda se está hospitalizada, e está impossibilitada de prestar depoimento sobre o crime. As outras vítimas já estão em casa e se recuperam dos ferimentos

A partir da prisão, o inquérito policial passa a ter prazo de 30 dias para a conclusão, podendo ser prorrogado por igual período, caso as investigações exijam mais diligências. Agora, os policiais civis buscam identificar os outros autores do crime.

Informações que possam auxiliar na identificação dos assaltantes podem ser repassadas pelo WhatsApp (49) 99145-2571, pelo e-mail dicjaraguadosul@pc.sc.gov.br ou pelo 181 (Disque Denúncia). Em todos os casos, o sigilo é garantido, não havendo necessidade do denunciante se identificar.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança