O trabalho investigativo da Divisão de Repressão a Roubos da Divisão de Investigação Criminal de Criciúma (DRR/DIC), coordenada pelo delegado Yuri Miqueluzzi, elucidou uma tentativa de latrocínio.

O crime foi registrado em um conjunto comercial na região central de Criciúma, em maio.

As câmeras de monitoramento do local captaram imagens que auxiliaram na investigação.

Todos os envolvidos foram identificados, sendo um adulto e dois adolescentes.

Os três, armados com facas, foram ao local, no período noturno, com a intenção de arrombar uma loja de informática e subtrair os produtos.

Um vigilante viu a ação. Para prosseguirem no crime, dois autores desferiram golpes com facas no funcionário.

Fuga a pé

Ao não conseguirem arrombar a loja, os três fugiram a pé.

Os golpes causaram cortes profundos com grande perda de sangue na região do pescoço da vítima.

No presídio

O adulto, de 20 anos, foi preso e segue recolhido no Presídio Regional de Criciúma por regressão em outro delito.

“Ele foi indiciado pela tentativa de latrocínio e corrupção de menores. Por estes crimes, a Polícia Civil pediu a sua prisão preventiva. A conduta dos adolescentes, de 15 e 16 anos, será avaliada pelo Poder Judiciário e Ministério Público”, explica o delegado.