Policiais civis da Delegacia de Homicídios acreditam que esclareceram o homicídio ocorrido no bairro Vila Nova, em Joinville, no início deste mês. O acusado de cometer o crime foi preso na manhã desta quarta-feira (13), no mesmo bairro do crime.

Segundo a investigação da DH, o homem detido nesta manhã atraiu a vítima até o rio com o objetivo de consumar o crime. No local, Robson Costa, de 32 anos, foi baleado no tórax, morrendo mais tarde no hospital São José. Interrogado na sede da DH, o acusado do homicídio negou as acusações.

A motivação do crime, segundo a Polícia Civil, está "ligada a assuntos relacionados a operação de organização criminosa, embora não se tenha como mandante, a priori, componente da cadeia de comando da facção, tratando-se de ação isolada de membro do grupo".

Além dos alvos no bairro Vila Nova, foram cumpridas ordens de busca e apreensão no bairro Nova Brasília, culminando na detenção de um segundo suspeito.

Relembre o caso

Robson foi morto a tiros o início da noite do dia 2 de fevereiro (sábado). A vítima estaria se banhando no rio Piraí e foi morto com pelo menos três disparos. Os amigos levaram o homem ferido até o hospital, antes da chegada do socorro, porém ele não resistiu aos ferimentos. O homem de 32 anos foi enterrado no Cemitério Nossa Senhora de Fátima.

Quer receber as notícias no WhatsApp?