Detentos do alojamento 05, do regime semiaberto do Presídio Regional de Araranguá (PRA), com a pretensão de passar a noite de Natal na rua, abriram um buraco na parede do alojamento com ferramentas artesanais.

Porém a movimentação chamou a atenção do supervisor de plantão e a tentativa de fuga foi frustrada.

O fato aconteceu na noite de domingo, dia 25, por volta das 22h30min. Durante uma ronda do supervisor de plantão do PRA, ele percebeu uma movimentação suspeita no alojamento, onde há 14 detentos.

Ao averiguar, percebeu que os reclusos haviam feito um buraco na parede, próximo ao muro da lateral da unidade. O restante dos plantonistas e o diretor do presídio foram acionados.

Segundo informações repassadas ao Portal Agora! pelo diretor do PRA, Joel Farias, os custodiados perfuraram um buraco na parede do alojamento utilizando materiais da estrutura do local para tentar fugir do ambiente prisional.

Após perceberem a ação, os policiais penais realizaram a verificação da quantidade de detentos e constataram que nenhuma fuga foi concretizada.

“No local foi realizada uma varredura geral e a conferência no semiaberto. Depois colocamos todos os detentos em uma outra cela, onde agora estão aguardando os procedimentos de instauração de processo administrativo para averiguar as responsabilidades e possível regressão de regime”, comentou Joel, frisando que no alojamento foram apreendidas ferramentas artesanais e cordas para a tentativa de fuga.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com informações de Karin Mariana/Portal Agora!