Na noite do último domingo (28), o dono de um bar e uma pastora de uma igreja da Rua João Mass, bairro Jaraguá 99 em Jaraguá do Sul, se desentenderam e a PM teve de ser acionada para acalmar os ânimos. A responsável pela igreja, uma mulher de 26 anos de idade, relatou aos policiais que o vizinho faz constantes ameaças toda vez que há culto no local, e que inclusive já arremessou pedras contra as instalações. Já o dono do bar, um homem de 41 anos, disse aos policiais militares que sofre muito com a perturbação do som alto da “gritaria” durante a realização dos cultos. Foi gerado um Termo Circunstanciado.