A 15ª Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito) vai implantar um novo sistema para a distribuição de vagas para testes práticos entre as autoescolas de Jaraguá do Sul e região.

A partir do dia 1º de junho, os CFCs (Centros de Formação de Condutores) vão receber as vagas conforme o desempenho dos alunos nas avaliações.

 

O delegado Fabiano dos Santos Silveira destaca que o índice geral de aprovação dos alunos da categoria B, habilitação para conduzir veículos com quatro rodas e com até oito passageiros, foi de 25%.

Dos 2.867 testes realizados entre janeiro e abril, apenas 725 candidatos foram aprovados.

Com a deflagração da Operação Sinal Vermelho, que investigou um esquema de corrupção nos testes práticos para retirada da CNH (Carteira Nacional), o número de reprovações disparou.

O delegado regional busca implantar os princípios da meritocracia, transparência, legalidade e moralidade pública na distribuição das vagas.

“A intenção é, a médio e longo prazo, ter um melhor índice de aprovação e uma menor fila para retestes. Hoje, a maior reclamação que nós recebemos é com o excesso de retestes. Há uma fila porque temos uma demanda represada e isso se deve ao alto índice de reprovação”, destaca.

O delegado acredita que a medida deve fazer com que a preparação dos candidatos seja maior e isso deve diminuir o índice de reprovações.

A partir de agora, as avaliações vão passar a ser trimestrais. A intenção é fazer com que os candidatos estejam melhor qualificados para ir para o trânsito.

“A gente espera dar um grande salto na questão da publicidade, da transparência e da qualidade do serviço público, da instrução feita pelas autoescolas ao trabalho da Polícia Civil aqui na 15ª Ciretran. Também esperamos um progresso a partir do incentivo à meritocracia, ou seja, distribuir um número vagas proporcional ao desempenho dos Centros de Formação de Condutores na pista de testes”, frisa.

Confira o relatório de aprovação nos testes práticos de CNH:

Foto: Reprodução OCP News