A avenida Prefeito Waldemar Grubba, que já é conhecida como a rua que mais causa acidentes em Jaraguá do Sul, também é a que mais gera multa. Os quatro radares que mais multam no município ficam na avenida que é a principal entrada da cidade e atravessa os bairros Centenário e Vila Lalau.

Em números gerais, o município atingiu a marca de 15.989 multas nos primeiros seis meses do ano.  A infração mais aplicada no município, seguindo a mesma tendência das estatísticas nacionais, é a de excesso de velocidade.

A multa é responsável por 46,76% das ocorrências, com valores que vão de R$ 130,16, R$ 195,23 e R$ 293,47, podendo ainda ser aplicado um fator multiplicador onde a multa de velocidade por trafegar a mais de 50% do limite não é de R$ 293,47, mas sim de três vezes esse valor, o que totaliza R$ 880,41.

Avenida Prefeito Waldemar Grubba possui quatro dos cinco pontos com os radares que mais multam em Jaraguá do Sul | Foto Eduardo Montecino/OCP News
Avenida Prefeito Waldemar Grubba possui quatro dos cinco pontos com os radares que mais multam em Jaraguá do Sul | Foto Eduardo Montecino/OCP News

A segunda multa mais registrada no primeiro semestre foi a de avançar o sinal, infração gravíssima que, surpreendentemente, atinge 42% do total.

O diretor de Trânsito, Irio Riegel, afirma que três fatores explicam o que ele considera um baixo número de multas aplicadas na cidade.

“O primeiro deles é a retirada dos radares de 40 quilômetros por hora e posterior substituição pelas faixas elevadas. O segundo é o aumento no valor das multas de trânsito. O terceiro fator é uma maior conscientização dos motoristas quanto ao comportamento e respeito às leis do trânsito”, comenta o diretor.

Veja onde ficam os cinco radares que mais multam em Jaraguá do Sul*:

  1. O radar campeão de multas em Jaraguá do Sul é o que fica próximo da Havan na avenida Prefeito Waldemar Grubba, com 1.925 infrações;
  2. Um pouco mais adiante, ocupando a segunda colocação, está o que fica localizado na faixa próxima a Gabivel, na avenida Prefeito Waldemar Grubba com 1.505 multas;
  3. Em terceiro é o semáforo do DG da Weg, contabilizando 1.366 infrações;
  4. A quarta posição também fica na Waldemar Grubba, com 888;
  5. Fechando os cinco primeiros está o radar da Walter Marquardt com a rua Adolf Puttjer, que gerou 882 multas no primeiro semestre de 2018.

Fiscalização é necessária, defende prefeitura

De acordo com o diretor de Trânsito, Irio Riegel, uma fiscalização efetiva no trânsito da cidade é cada vez mais importante. Com cerca de 1,50 veículos por habitante, a cidade sofre com os efeitos do excesso de veículos, principalmente nos horários de pico.

“Se o número de multas está caindo, é porque todo mundo está andando direitinho e o trânsito está funcionando melhor. O nosso objetivo não é multar os motoristas, mas sim fazer com que o trânsito funcione. Se o pessoal está levando menos multas, é porque está andando na linha”, destaca, ao ressaltar que intervenções no trânsito da cidade custam caro.

Para ele, Jaraguá do Sul cresceu desordenadamente e nada foi planejado. "Hoje, para a gente fazer uma grande mudança, o custo é altíssimo, envolve indenizações. Nós temos o trilho de trem que passa no meio do Centro da cidade, outros dois rios que passam no meio da nossa cidade. Não é fácil", argumenta.

"E o nosso relevo cheio de morros é um complemento. Mas existem projetos que foram encaminhados e a gente está dependendo da vinda do financiamento”, finaliza.

Novas tecnologias

No fim de 2018, todos os radares de Jaraguá do Sul foram substituídos e desde então, alguns deles, especialmente os localizados em semáforos, foram capazes de fazer uma leitura ótica da placa de veículos com a tecnologia OCRs.

Tecnologia tem sido usada para ajudar no combate às infrações de trânsito | Foto Eduardo Montecino/OCP News
Tecnologia tem sido usada para ajudar no combate às infrações de trânsito | Foto Eduardo Montecino/OCP News

Os sensoras foram interligados com a Polícia Militar por meio de uma central. Quando os carros com registro de furto passam pelo local, a polícia recebe uma notificação via Whatsapp em tempo real.

"Vem uma tarja vermelha acusando, dizendo que o veículo tem ocorrência e a PM poderá acompanhar por onde o veículo está circulando", conta Írio.

Para onde vai o dinheiro das multas?

O dinheiro das multas aplicadas nos motoristas fica em Jaraguá do Sul. Mas você sabe para onde vai exatamente esse montante? O diretor de Trânsito, Irio Riegel, afirma que o dinheiro arrecadado com as multas não vai diretamente para a Prefeitura.

Além dos gastos com a manutenção e compra de equipamentos de fiscalização, há a destinação de uma parte do dinheiro para o Funcet, para Renainf, para os Correios com o envio das notificações. O restante é dividido entre a Prefeitura e um fundo para as polícias Civil e Militar.

Se a multa for dada pelo fotossensor, a Prefeitura fica com 80%, a PM com 10% e a Polícia Civil com 10%. Se a multa for dada pela polícia, o município fica com 40%, a PM com 30% e a Polícia Civil com 30%.

Confira o que o Código de Trânsito Brasileiro diz sobre as multas

Art. 218. Transitar em velocidade superior à máxima permitida para o local, medida por instrumento ou equipamento hábil, em rodovias, vias de trânsito rápido, vias arteriais e demais vias:

 

I – quando a velocidade for superior à máxima em até 20% (vinte por cento): Infração: média (quatro pontos) R$ 130,16. Penalidade: multa.

 

II – quando a velocidade for superior à máxima em mais de 20% (vinte por cento) até 50% (cinqüenta por cento): Infração: grave (cinco pontos) R$ 195,23. Penalidade: multa.

 

III – quando a velocidade for superior à máxima em mais de 50% (cinqüenta por cento): Infração: gravíssima (sete pontos) R$ 293,47. Penalidade: multa [com fator multiplicador] e suspensão imediata do direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação.

Da mais branda para a mais grave, os valores das multas são de R$ 130,16, R$ 195,23 e R$ 293,47, mas o inciso III do artigo 218 alerta para os casos em que é aplicada multa por exceder a velocidade em mais de 50% do limite:

“§ 2º Quando se tratar de multa agravada, o fator multiplicador ou índice adicional específico é o previsto neste código.”

Portanto, a multa de velocidade por trafegar a mais de 50% do limite na realidade não é R$ 293,47, mas três vezes esse valor, o que totaliza R$ 880,41.

Quer receber as notícias no WhatsApp?

*De acordo com dados disponibilizados pela Diretoria de Trânsito da Prefeitura de Jaraguá do Sul.