A reunião geral das equipes de investigação da Delegacia Regional da Polícia Civil de São José (DRP) confirmou a drástica redução nos índices de criminalidade na região de janeiro a setembro deste ano.

“Os dados estatísticos comparativos com o mesmo período do ano passado mostram uma queda significativa de violência”, salienta o delegado regional Daniel Régis. Ele atribuiu essa queda ao “incremento no número de operações de busca e apreensão e de prisão por todas as delegacias”.

Isso se refletiu na diminuição nos índices de furto, roubo, homicídio, estupro e violência doméstica em todos os municípios sob atribuição da DRP.

Em São José, os índices de roubo diminuíram 42%, furtos caíram 21%, homicídios 14%, estupros 72% e violência doméstica 18%, quando comparados ao mesmo período do ano passado, seguindo a tendência de toda a região.

Entre as unidades que mais incrementaram suas ações estão a Delegacia de Biguaçu, com 675% de aumento no número de prisões, seguida da 1ª DP de São José, com 585%, a DPCAMI, com 437%, e a 2ª DP de São José, com 387% a mais de prisões entre janeiro e setembro deste ano em comparação com o mesmo período de 2017.

Os percentuais de busca e apreensão que mais merecem destaque são da 2ª DP de São José, com incremento de 1.050%, seguida da 1ª DP, com 400% a mais de cumprimento de mandados em 2018.

Das 287 prisões realizadas até 30 de setembro pelas equipes da DRP de São José (foram 163 em todo o ano de 2017), a DIC permanece liderando, com 63 conduzidos, seguida pela 1ª DP, com 48, e a DPCAMI, com 43 presos.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?