Desde às 6h desta quinta-feira (12), a Polícia Civil de Santa Catarina cumpre 44 ordens judiciais contra integrantes de organização criminosa que tenta se estabelecer no Estado de Santa Catarina. Ao todo estão sendo cumpridos 17 mandados de prisão preventiva, sete mandados de prisão temporária e 20 mandados de busca e apreensão, em nove cidades: Florianópolis, Joinville, Camboriú, Navegantes, Lages, Criciúma, Tubarão, Praia Grande e Foz do Iguaçu (PR).

Até o momento foram identificados e indiciados 313 integrantes dessa organização criminosa, denunciados pela 39ª Promotoria de Justiça da Capital em processos judiciais que tramitam na Vara Criminal da Região Metropolitana de Florianópolis.

Estão sendo cumpridos 17 mandados de prisão preventiva, sete de prisão temporária e 20 de busca e apreensão | Foto PC/Divulgação

Na atual investigação foram identificados mais 39 integrantes dessa organização criminosa, sendo que 24 estão sendo presos nesta quinta-feira e 15 serão objeto de compartilhamento de provas para outros procedimentos policiais.

Participam da operação 120 policiais civis da Deic, Core, Diretoria de Polícia da Grande Florianópolis e de Delegacias de Polícia de Joinville, Balneário Camboriú, Navegantes, Lages, Araranguá, Tubarão, Criciúma, além do apoio do Denarc da Polícia Civil paranaense em Foz do Iguaçu.

Até o momento foram identificados e indiciados 313 integrantes da organização criminosa | Foto PC/Divulgação

A Operação Remanescentes ocorre em razão de investigação da Draco/Deic (Delegacia de Repressão ao Crime Organizado da Deic) em inquérito policial que apura a participação de integrantes de organização criminosa oriunda do Estado de São Paulo e que tentam se estabelecer em Santa Catarina.

Receba as notícias do OCP no WhatsApp: