Foi definido o número da Defesa Civil SC para alertas via SMS: 40199. Trata-se de uma iniciativa que integra projeto piloto desenvolvido pela secretaria de Estado da Defesa Civil. Os testes devem iniciar a partir de fevereiro em 20 municípios catarinenses: Araranguá, Pedras Grandes, São João Batista, Ilhota, Balneário Rincão, Mirim Doce, Barra Velha, Caçador, Herval do Oeste, Itapiranga, Ponte Serrada, Maravilha, São Carlos, Arvoredo, Ponte Alta do Norte, Rio dos Cedros, Araquari, Uribici, Rio do Sul e Três Barras. "As pessoas que residem nesses municípios irão receber uma mensagem do número 40199 sobre o serviço de alerta. O cidadão responde com o CEP que deseja ser monitorado", explica o secretário de Estado da Defesa Civil de SC, Rodrigo Moratelli. A mensagem de texto não terá custo. Essa primeira etapa dura 120 dias. Os números serão registrados numa Base de Dados de Emergência gerenciada pela ABR Telecom. O Centro Nacional de Desastres (Cenad) encaminhará a mensagem inicial para a população de uma determinada região para ter a notificação de alertas com o seguinte conteúdo: “Defesa Civil Informa: Novo serviço de envio de SMS gratuito de alertas de riscos de desastres. Para se cadastrar responda para 40199 com o CEP de interesse". O objetivo é iniciar uma campanha de divulgação. A pessoa que estiver dentro dos 20 municípios pilotos pode cadastrar mais de um CEP desejado. Ao realizar o cadastro, o usuário receberá a seguinte mensagem: “Cadastro realizado com sucesso. O celular esta apto a receber alertas e recomendações de defesa civil. Para cancelar, envie SAIR e o CEP para 40199” Além da opção "Cadastrar" e "Sair", o cidadão também pode pedir "Ajuda" e "Consultar" o endereço cadastrado: “Para cadastro envie o número do CEP para 40199. Para cancelamento envie SAIR e o CEP para 40199. Para consultar CEP cadastrado envie CONSULTAR para 40199” O serviço de alerta via SMS é custeado pelas prestadoras de SMP. A população não terá qualquer cobrança ao receber ou enviar mensagens de texto de alertas. A secretaria de Estado da Defesa Civil e o Cenad também não terão custos. O objetivo é informar a população sobre situações eminentes de Desastres, Emergência e/ou Estado de Calamidade Pública, por meio de mensagens divulgadas pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres. Fases do projeto A implementação do serviço de alerta via SMS ocorre em duas etapas, sendo que Santa Catarina é piloto neste projeto. Em fevereiro começa a primeira etapa de teste com os 20 municípios catarinenses. Esta fase segue por 120 dias. Após 65 dias da conclusão da fase 1, terá início a fase 2. Nesta nova etapa, o serviço será nacionalizado, já com a experiência dos municípios catarinenses.