Foto: Polícia Civil/Divulgação
Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil recebeu duas viaturas e duas submetralhadoras Taurus SMT .40 na tarde desta quinta-feira (14). Os equipamentos foram adquiridos com recursos do Convênio de Trânsito com a Prefeitura e com recursos da Câmara de Vereadores.

A Polícia Civil recebeu duas viaturas e duas submetralhadoras Taurus SMT .40 na tarde desta quinta-feira (14). Os equipamentos foram adquiridos com recursos do Convênio de Trânsito com a Prefeitura e com recursos da Câmara de Vereadores.

“É um orgulho registrar essa união de esforços entre Poder Executivo Municipal, o Legislativo de Guaramirim, o Estado e a Polícia Civil de Santa Catarina. Este ato demonstra o compromisso que há entre as instituições e o respeito ao cidadão”, afirma o delegado-geral Paulo Koerich.

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Os veículos Ford Ecosport e Ford Ranger custaram aos cofre públicos R$ 249.600 e as armas R$ 13.154. As duas viaturas já caracterizadas e equipadas para o serviço policial serão utilizadas pelo Setor de Investigação Criminal da Delegacia da Comarca de Guaramirim.

“O delegado Augusto, os agentes e escrivães realmente merecem este aporte material. Eles realizam um trabalho brilhante e este ato valoriza os policiais civis que trabalham aqui na comarca. Isso acaba revertendo em um grande benefício para a comunidade de Guaramirim”, comenta o delegado regional Fabiano dos Santos Silveira.

Agenda em Jaraguá do Sul

Koerich também participou de outros compromissos em Jaraguá do Sul. Ao lado do delegado regional, ele se reuniu com o prefeito Antídio Lunelli para discutir projetos e ações da Polícia Civil em parceria com o poder público municipal.

Na Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (ACIJS), aconteceu uma apresentação da gestão da Polícia Civil na cidade. “Temos um lado bom na segurança pública e avanços, mas também temos preocupações com a violência doméstica e o atendimento à mulher”, comenta o presidente da entidade, Anselmo Luiz Jorge Ramos.

O delegado-geral apresentou projetos realizados, as metas e ações planejadas em pontos como efetivo, estrutura e investimentos para a melhoria da prestação do serviço da Polícia Civil na cidade.

“Com relação à violência doméstica, nós temos várias frentes, vários programas realizados pelas polícias Civil e Militar. Estamos fazendo também trabalhos científicos em parceria com a UFSC para entender o que está acontecendo”, destaca Koerich.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram