A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), da Assembleia Legislativa, que investiga supostas irregularidades na compra de 200 respiradores artificiais, ouvirá mais cinco pessoas na próxima terça-feira (19), às 17 horas. Os depoimentos ocorrerão no auditório Antonieta de Barros.

Conforme anunciado na última reunião da comissão, estão programadas as oitivas de Janine Silveira dos Santos Siqueira, gerente de Contratos e Licitações da Defesa Civil; Carlos Eduardo Besen Nau, lotado na Defesa Civil; e Débora Regina Vieira Trevisan, consultora jurídica da Defesa Civil.

Além deles, serão ouvidos Iná Adriano de Barros, técnica em atividades administrativas da Secretaria de Estado da Comunicação; e João Gilberto Rocha Gonçalez, representante legal do Instituto Nacional de Ciências da Saúde, que mora em São Paulo e será ouvido por videoconferência.

Segundo o relator da CPI, deputado Ivan Naatz (PL), o objetivo dsses depoimentos é esclarecer como funciona o trâmite de compras e licitações dentro da estrutura do governo do estado. A comissão terá ainda uma segunda reunião nesta semana, marcada para quinta-feira (21), às 10 horas.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul