Uma operação, envolvendo fiscais de Vigilância Sanitária e de Atividades Urbanas (antiga Fiscalização de Posturas) e a Polícia Militar, verificou o cumprimento do decreto municipal que limita o horário de funcionamento de bares, restaurantes e lanchonetes até às 22h.

Dois estabelecimentos foram fechados, por não terem interrompido o atendimento no horário determinado nesta sexta-feira (10), dia em que o decreto entrou em vigor. As medidas visam a disseminação do novo coronavírus no município.

A Gerente de Vigilância Sanitária e Saúde do Trabalhador, Nilceane Junckes Costa, detalhou que a operação foi dividida em duas etapas. “A primeira delas, realizada pelos servidores da Prefeitura, foi de orientação, verificando as condições sanitárias dos estabelecimentos e reforçando a necessidade do cumprimento do decreto”, ressalta.

Todos os 41 estabelecimentos fiscalizados entre às 19h e 22h30 estavam realizando as medidas detalhadas no decreto, com distanciamento entre alunos e clientes, disponibilização de álcool em gel, entre outras determinações. A verificação nos supermercados encontrou problemas no acesso de pedestres, mas foi feita orientação para a gerência e funcionários.

Após às 22h, a Polícia Militar entrou na operação, para fiscalizar possíveis locais que não estariam cumprindo o horário determinado de funcionamento. Uma lanchonete no Centro da cidade e um bar no bairro Chico de Paulo foram fechados, por estarem atuando após às 22h.

Foto: 14º BPM/Divulgação

O comandante da 1ª Companhia do 14º Batalhão de Polícia Militar, tenente Anderson Andrey da Silva, afirmou que a parceria entre as instituições (PM e Prefeitura) vai continuar nos próximos dias, ampliando a fiscalização para os demais estabelecimentos.

“Não estaremos fazendo somente essa função de fiscalizar, mas queremos orientar a população, para que a comunidade nos auxilie no combate ao novo coronavírus”, ressaltou o oficial, detalhando ainda a abordagem feita também em locais públicos, como o Parque Linear Via Verde, no bairro Ilha da Figueira.

Decreto traz novas regras

O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, assinou decreto na última quinta-feira (9) estipulando novas regras para funcionamento de bares, restaurantes e supermercados, entre outros estabelecimentos. O objetivo é diminuir a curva de contágio do coronavírus.

Foto: PMJS/Divulgação

Para isso, Lunelli também determinou o aumento nas ações de fiscalização. O decreto 14.033/2020 determina que bares, restaurantes e similares só poderão funcionar até as 22h. Música ao vivo ou show por telão estão expressamente proibidos.

Quanto aos supermercados, a lotação permitida será de 50% da capacidade. Regras de higienização também foram determinadas, regulamentação do distanciamento de 1,5 metro, assim como a orientação de aferição de temperaturas na entrada.

O sistema de som dos supermercados deve orientar aos clientes quanto às regras de prevenção. O decreto também reforça a suspensão de eventos no município até o dia 2 de agosto.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança