Com forte atuação e voltada contra a propagação do novo coronavírus no estado, a Operação COVID-19 foi marcada pela orientação da população e fiscalização das medidas restritivas e de isolamento social neste período.

Somente neste último fim de semana (27, 28 e 29), a 6ª Região de Polícia Militar (6ª RPM), que engloba a Região Carbonífera e o Extremo Sul catarinense, realizou mais de 600 fiscalizações de prevenção ao novo coronavírus.

Criciúma

Foram 123 fiscalizações em Criciúma e 165 fiscalizações na área do 9º BPM, que corresponde a Criciúma, Forquilhinha, Nova Veneza, Siderópolis e Treviso.

Desde o início da Operação COVID-19, dia 17 de março, somente em Criciúma foram realizadas 9.114 fiscalizações, sendo aplicadas 255 notificações.

"Estamos vivenciando um período de pandemia, com muita incerteza, e a Polícia Militar segue trabalhando na sua principal frente de trabalho, que é a Segurança Pública, na polícia ostensiva voltada à ordem pública, trabalhando muito a prevenção social. O foco segue sendo sempre o cidadão. A 6ª RPM vem trabalhando muito a gestão por desempenho e resultados, sendo muito criteriosa com os recursos e, principalmente nesse período de pandemia, elevando ao nível máximo os cuidados com a saúde da família Policial Militar”, destacou o comandante da 6ª RPM, coronel Evandro de Andrade Fraga.

A PMSC, desde o dia 13 de abril, atua também como autoridade de saúde, podendo fiscalizar todos os serviços e atividades liberados a funcionar desde que sigam regramento especial.

A publicação da portaria SES Nº 245 autoriza a PMSC e demais forças de Segurança do Estado a realizarem este trabalho.

 

 

 

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul