Na manhã desta terça-feira (16), a Polícia Civil foi acionada para verificar uma troca de corpos notada por uma família em Ascurra, no Médio Vale do Itajaí.

Durante o velório, os parentes de uma idosa perceberam algo estranho, principalmente em relação à aparência física da mulher, e acabaram confirmando que a pessoa velada naquele momento não era de sua família.

Policiais compareceram ao local do velório e encaminharam os familiares e responsáveis pela funerária para a Delegacia, com o objetivo de esclarecer o que de fato havia ocorrido e identificar o paradeiro do verdadeiro corpo da idosa moradora de Ascurra.

Durante as diligências, foi possível identificar por meio de exames papiloscópicos que o corpo da idosa encontrado em Ascurra pertencia a uma família de Presidente Getúlio, e que o corpo enterrado na cidade de Presidente Getúlio era da idosa de Ascurra.

As circunstâncias da troca dos corpos e a respectiva investigação prosseguirão na Delegacia de Ibirama, considerando que a suspeita é de que o fato ocorreu nas dependências do Hospital Doutor Waldomiro Colautti, localizado naquela cidade.