O corpo de um homem com sinais de espancamento foi encontrado por moradores da rua Areia Branca, no Jardim Iririú, zona Leste de Joinville, na manhã deste sábado (23). O cadáver estava enrolado em um cobertor, boiando, em uma área de mangue. Policiais da DH (Delegacia de Homicídios) identificaram a vítima como sendo Márcio Raimundi, de 40 anos. “Trata-se de mais um assassinato. O homem tinha vários ferimentos. Há indícios de que ele foi brutalmente espancamento. A identificação foi feita a partir de documentos que estavam no bolso dele. Márcio morava em Joinville e não tinha antecedentes criminais”, detalhou o delegado da Homicídios, Fabiano Silveira, em entrevista ao Jornal de Joinville. Leia mais: Suspeito de matar jovem na zona Sul presta depoimento e é liberado  O corpo foi recolhido pelos técnicos do IGP (Instituto Geral de Perícias) e levado ao IML (Instituto Médico Legal) de Joinville, local em que deve ser periciado. Com mais esta morte, sobe para 135 o número de pessoas assassinadas na mais populosa cidade catarinense, em 2017. Denúncias podem ajudar na investigação A DH orienta a população de que, quem tiver qualquer informação que ajude a desvendar este ou outros crimes contra a vida, procure a delegacia que fica na rua Colômbia, 376, no bairro Floresta. Denúncias anônimas também podem ser feitas pelo telefone 181, ou na página que a DH mantém no Facebook. O endereço é facebook.com/delegaciadehomicidios. No início da tarde, a DH foi mobilizada novamente para mais uma ocorrência, desta vez no bairro Paranaguamirim. Mas segundo o delegado, ao chegar ao local, os agentes constataram que a vítima teria morrido devido a uma queda e descartaram a hipótese de assassinato.