O delegado Ênio de Oliveira Mattos, titular da Delegacia de Homicídios (DH) de Florianópolis, confirmou que o corpo encontrado na manhã desta segunda-feira (6) era de um dos jovens de São Leopoldo (RS) que foram até a comunidade do Siri, Norte da Ilha de Santa Catarina, em Florianópolis, no domingo (5). O crime é investigado pela DH de Florianópolis.

Segundo o delegado, houve o relato de que o grupo foi até o Siri na tarde de domingo com o propósito de comprar maconha. Ao chegar eles foram confundidos com um grupo de traficantes rival e atacados. Dos quatro homens, um foi morto, outro ferido a tiros e um terceiro ferido com uma facada na mão. O quarto homem conseguiu fugir.

Ainda de acordo com o delegado Ênio, o grupo após ser rendido foi levado para as dunas e agredido. O delegado também confirmou que já identificou os traficantes do Siri que atacaram o grupo, mas ninguém ainda foi preso. As vítimas haviam locado um imóvel na praia do Santinho.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul

Facebook Messenger