O corpo de uma mulher foi encontrado enterrado próximo a uma plantação de eucalipto, na localidade de Fundo Grande, em Araranguá.

Trabalhadores que passavam pela estrada, que dá acesso à plantação, viram, em meio a galhos, um braço, acionando a Polícia Militar.

O fato ocorreu por volta das 17h dessa sexta-feira.

As informações são da jornalista Karin Mariana, do Portal Agora!

Ao chegar ao local, a PM confirmou o encontro do cadáver, isolando a área até a chegada da Polícia Civil e do Instituto Geral de Perícias (IGP).

O corpo estava enterrado em uma cova rasa e em adiantado estado de decomposição, não sendo possível o reconhecimento.

Identificação

Exames serão realizados pelo IML para chegar à identificação e causa morte.

A equipe da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Araranguá esteve no local e já iniciou os trabalhos.

De acordo com o delegado Jair Pereira Duarte, coordenador da DIC, sem exames e laudos do IML não é possível afirmar a identidade.

“O corpo estava irreconhecível e teremos que aguardar os trabalhos do IGP. Já iniciamos as investigações”, ponderou a autoridade policial.

Ainda não há informações se a mulher foi morta naquele local ou se o corpo foi apenas desovado ali.

Também não é possível dizer há quantos dias o corpo estava no local.

Outros corpos já foram encontrados na localidade de Fundo Grande em anos anteriores e o local ficou conhecido como ponto de desova.


Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança