O corpo de uma modelo que estava desaparecida desde o dia 3 de janeiro na cidade do México foi encontrado na sexta-feira (21), após um cachorro de uma fazenda aparecer com um dos pés da moça na boca.

Liliana Lozada de Jesus, de 33 anos, desapareceu da casa onde morava em Puebla, após pegar um táxi para um condomínio fechado em Tenextepec em 3 de janeiro, supostamente para fazer algum trabalho de modelo, mas como ela não retornou para casa, a família decidiu registrar um boletim de ocorrência.

Segundo informações do site Daily Stars, a família da vítima ficou sem receber notícías do paradeiro da modelo até o dia 21 de janeiro, quando o dono de uma propriedade rural em La Acocota, proximo de Tenextepe, notou que seus cachorros estavam agitados e, mais tarde, avistou um deles carregando uma bota. Quando o homem se aproximou do animal percebeu que existia um pé dentro do calçado.

A Polícia foi chamada para atender a ocorrência e logo localizou o corpo da modelo que estava enterrado em uma cova. Liliana já estava em estado avançado de decomposição.

De acordo com o governador de Puebla, Luis Miguel Barbosa Huerta, o responsável pelo crime já foi identificado, mas ele aguarda a Procuradoria Geral do Estado se pronunciar sobre o assunto.

“Sim, há um desdobramento muito importante, não posso divulgar, mas a pessoa que provavelmente tirou a vida de Liliana foi identificada, em breve saberemos, em breve teremos resultados”, disse.

A modelo deixa dois filhos, um de 7 e o outro de 10 anos.