Na tarde desta terça-feira, por volta das 15h, a Polícia Militar de Criciúma tomou conhecimento, por meio do grupo da Rede de Comércios, de que um criminoso havia furtado uma gargantilha folheada a ouro em uma loja na Marechal Floriano Peixoto, área central da cidade.

A guarnição passou a efetuar rondas, localizando o autor, de 19 anos, na Avenida Centenário, próximo a uma loja de eletrônicos.

Após abordagem e revista, foi localizada na bolsa da sobrinha dele, de 13 anos, a joia furtada, além de uma pequena porção de maconha.

Ao ser questionado sobre o fato, ele confessou que havia cometido o furto "alegando que estava passando fome em casa", assumindo também a propriedade da droga, e que sua sobrinha não sabia de nada.

"Cabe ressaltar que o suspeito já tem diversas passagens por outros delitos, inclusive sendo reincidente no crime de furto. Ainda referente à abordagem policial, um outro homem passou a interferir no procedimento, alegando ser advogado, sendo que sua atitude levou o autor a tentar empreender fuga e resistir à prisão. Foi inclusive registrado um boletim de ocorrência em desfavor do homem por falsa identidade", informou a PM.

Os envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil.