No primeiro dia de instruções do Bombeiro Mirim no ano letivo de 2019, o coordenador operacional do Programa, Odair Joni Farias, apresenta o grupo ao comandante Carlos Kelm | Foto Divulgação
No primeiro dia de instruções do Bombeiro Mirim no ano letivo de 2019, o coordenador operacional do Programa, Odair Joni Farias, apresenta o grupo ao comandante Carlos Kelm | Foto Divulgação

O Corpo de Bombeiros Voluntários recebeu, no último sábado, os 160 jovens do Programa Bombeiro Mirim. No próximo dia 23 de março ingressam mais 80 criança e adolescentes das novas vagas abertas para o ano letivo de 2019.

O ano de instruções iniciou com novidades: nas boas-vindas, o comandante Carlos Kelm anunciou a reformulação do conteúdo programático. O propósito é que os aspirantes, assim que completarem 18 anos, possam ingressar imediatamente nas escalas operacionais como bombeiros voluntários.

Nas palavras do comandante, que assumiu o cargo na sexta-feira (22), haverá "menos ordem unidade e mais prática das atividades" de bombeiro. Segundo ele, a proposta de reformulação do programa foi aprovada pela diretoria da associação no seu projeto de trabalho.

“Vamos oferecer treinamentos para que ingressar nas escalas da corporação assim que fizerem 18 aos, sem a necessidade de passar por novo curso de formação”, disse.

O coordenador do Programa Bombeiro Mirim, Brasilio Catarino, disse que já aguardavam essa reformulação.

“Os treinamentos vão incentivar os adolescentes a permanecerem no Bombeiro Mirim”, avaliou.

Já o coordenador operacional, Odair Joni Farias, observou que a intensificação do treinamento das práticas bombeiris era uma demanda tanto dos líderes quanto dos pais dos mirins. Outro aspecto positivo, para ele, será a aproximação do grupo com os bombeiros.

“Vão perceber que o treinamento é uma constante, faz parte do dia a dia dos profissionais”, disse. “Estamos entusiasmados.”

Atividades externas

O aprimoramento do Programa já vinha sendo trabalhado pela coordenação operacional. Tanto que o conteúdo deste ano previa atividades externas para cada faixa etária. A principal delas são os acampamentos, onde os aprendizes terão que exercer autonomia e, por fim, pôr em prática as instruções de sobrevivência.

Dentro desta proposta estão organizadas três ações: em maio, as crianças do Mirim 1 e 2 participarão de um Acampadentro na garagem da corporação, vivenciando a rotina dos bombeiros; em julho, os Mirins 3, 4 e 5 passarão dois dias em  acampamento, com nível médio de dificuldade e, finalmente em novembro, os Aspirantes 1, 2 e 3 passarão três dias e duas noites em local distante da área urbana tendo que fazer a segurança do local, providenciar os alimentos e exercitar as técnicas de sobrevivência e salvamento.

Agenda 2019 │Programa Bombeiro Mirim

  • 16 de março — Treinamento de APH para os líderes
  • 23 de março — Início das atividades para os novos mirins e aspirantes
  • 17 de maio — Acampadentro: atividade para as turmas Mirim 1 e 2
  • 12 e 13 de julho — Acampamento: atividade externa para as turmas Mirim 3, 4 e 5
  • 15, 16 e 17 de novembro — Acampamento: atividade externa para as turmas de Aspirante 1, 2 e 3

Quer receber as notícias no WhatsApp?