A Prefeitura de Jaraguá do Sul liberou o acesso aos parques e áreas de lazer no município. A medida foi anunciada na sexta-feira (25), com a mudança da qualificação de risco de gravíssimo para grave na região.

Para manter a ordem e inibir aglomerações, a Polícia Militar está fiscalizando o uso das áreas públicas.

Pontos de encontro dos jaraguaenses, o parque Via Verde, o Morro da Boa Vista, os parquinhos dos bairros, as áreas de lazer localizadas no Ginásio Arthur Müller e na Arena Jaraguá estarão abertos, mas é preciso tomar cuidado com as aglomerações para evitar a disseminação do novo coronavírus.

O subcomandante do 14º BPM (Batalhão de Polícia Militar), capitão Antônio Benda Rocha, destaca que as guarnições realizam a fiscalização das medidas sanitárias desde o início da pandemia.

Foto Divulgação

Com o fechamento das áreas públicas, o trabalho ficou concentrado nos estabelecimentos e nas residências.

Benda comenta que as pessoas que vão frequentar os parques e áreas de lazer estão sujeitas às medidas impostas por decretos estaduais e municipais.

O capitão da PM reitera que essas regras de convívio devem ser respeitadas e aqueles que descumprirem podem sofrer sanções.

“O desrespeito pode gerar medidas mais traumáticas. Qualquer ambiente público ou privado pode ser interditado. As pessoas também podem responder pelos crimes de desobediência e de descumprimentos de medidas sanitárias para evitar a propagação de doença contagiosa”, frisa o subcomandante do 14º BPM.

Cuidados são importantes

A presidente do Comitê Extraordinário Covid-19, Emanuela Wolff, explica que a flexibilização da regra não significa que as pessoas devem deixar os cuidados de lado. Ela ressalta que os parques do município podem ser visitados, mas com a aplicação das medidas sanitárias.

“Os parques estão abertos para um passeio, uma passagem, não para ficar por um longo período. A gente ainda está vivendo a pandemia e temos a possibilidade de haver ou não um momento em que as pessoas possam a vir se contaminar com mais força”, destaca.

Emanuela pede que as pessoas saiam de casa sempre de máscara, façam o uso do álcool em gel e, principalmente, mantenham o distanciamento, pois a aglomeração é uma grande força motriz da contaminação.

Ela pondera que o respeito às medidas deve evitar medidas mais duras, como o isolamento social.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança