Com a desaceleração dos casos e diminuição da taxa de ocupação dos leitos hospitalares destinados a pacientes com coronavírus, a Prefeitura de Blumenau decidiu suspender as atividades da força-tarefa que vinha fiscalizando o cumprimento às medidas restritivas impostas para frear o avanço da doença.

Desde o início da operação, no dia 26 de junho, a força-tarefa comandada pela Defesa Civil, com o apoio de outros órgãos municipais, policiais e bombeiros, realizou 2.672 vistorias. Neste período, o trabalho resultou na interdição de 143 estebelecimentos comerciais e na dispersão de 330 aglomerações em locais públicos e privados.

Além disso, foram lavrados 129 autos de intimação e distribuídas mais de 1,2 mil máscaras para pessoas que transitavam pela cidade sem o item de proteção.

Em complemento à fiscalização, a Prefeitura instalou barreiras sanitárias educativas nos acessos a Blumenau e vias de grande circulação de veículos nos bairros. Nelas, houve a abordagem de 1,2 mil motoristas, que receberam informações sobre as principais medidas de prevenção à Covid-19.

Se houver uma piora do quadro envolvendo o coronavírus, o Município garante que as vistorias ostensivas poderão ser retomadas. Agora, as fiscalizações serão efetuadas de acordo com a competência de cada órgão, como, por exemplo, denúncias de perturbação do sossego, que devem ser encaminhadas à Polícia Militar, pelo telefone 190.

Mesmo com a suspensão da força-tarefa, a população continua sujeita às regras de prevenção ao coronavírus, como o uso obrigatório de máscaras e o distanciamento social.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul