A Defesa Civil de Santa Catarina segue monitorando a tempestade tropical Yakecan.

O fenômeno está se afastando para o oceano, o que diminui a intensidade dos ventos.

De acordo com o Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil do Estado, a tendência é que, na medida que a tempestade se afaste da costa, os ventos passem a diminuir de intensidade gradativamente.

 

 

Por volta das 16 horas desta quarta-feira (18), o sistema se encontrava centrado no oceano, na altura da região da Grande Florianópolis.

Por isso, a tempestade seguia provocando rajadas de vento e deixando o mar agitado em todo o litoral.

As condições permanecem até esta sexta-feira (20).

Mesmo assim, a meteorologista Elen Pelissaro destacou que o vento ainda deve atingir rajadas que variam entre 60 e 80 km/h e pontualmente chegar aos 100 km/h.

“A passagem dessa tempestade vem provocando ondas em torno de quatro metros de altura, ressacas e alagamentos costeiros. Até sexta-feira poderemos ter ondas de até cinco metros”, afirmou. “A massa de ar frio deixa as temperaturas muito baixas até o início da próxima semana”, completa.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito, ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança