Resumo da notícia:

  • Veja quais são as dez ruas mais violentas de Joinville
  • Moradores apontam possíveis causas de acidentes e pedem estruturas
  • Comandante dos Bombeiros Voluntários pede atenção para a conduta dos motoristas

Pelo segundo ano seguido, a rua que mais concentrou acidentes em Joinville foi a Monsenhor Gercino. Em levantamento feito pelo Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville, a pedido do OCP, foi constatado que, entre 1º de janeiro e 31 de outubro de 2019, houve registro de 139 ocorrências de trânsito na via.

O número de acidentes aumentou com relação a 2018, período em que foram identificadas 112 ocorrências, 27 a menos que em 2019.

Matheus Andrade, 29, passa pela rua a caminho da faculdade. Ele afirma que o grande problema é o elevado fluxo de veículos nos horários de pico.

A Rua Monsenhor Gercino lidera o ranking pelo segundo ano consecutivo. Foto: Tanara Fagundes/ OCP News

“Muitos veículos saem no mesmo horário, tanto de manhã quanto no final da tarde. E por ser uma via com muito movimento, o mínimo que precisa ter é atenção redobrada. A maioria não tem”, destaca Matheus.

Segunda no ranking de acidentes

Moradores atribuem acidentes à imprudência no trânsito. Foto: Tanara Fagundes/OCP News

A segunda do ranking é a rua Dona Francisca, que passa pelos bairros Centro, Saguaçu, Santo Antônio, Zona Industrial Norte e Pirabeiraba. Foram registrados 133 acidentes este ano.

Por ser uma via de grande movimentação, especialmente em horário de pico, os próprios moradores já reivindicaram junto à prefeitura a duplicação da via. O projeto, embora exista, está parado desde 2016.

A vendedora Ana Ricardina, 47, ressalta os perigos da via, especialmente por desatenção do motorista.

“Ou precisa ser feita a duplicação ou então precisamos do auxílio de fiscalização aqui. Além do congestionamento, já vi muito acidente acontecer, grande parte por imprudência do motorista”, conta.

Já a rua Quinze de Novembro ocupa o terceiro lugar no ranking das mais perigosas. A via passa pelo bairro Glória, onde foram registrados 90 acidentes somente neste ano.

“A maioria das colisões que eu já vi são na traseira de motos. Geralmente o cara vai fazer uma ultrapassagem em horário de pico e leva um empurrão de um carro atrás”, explica Fábio Augusto, 43, que passa pela rua todos os dias para levar seus filhos na escola.

Aumento de ocorrências

Rua Quinze de Novembro aparece em terceiro lugar. Foto: Tanara Fagundes/OCP News

O comandante do 1º Batalhão de Bombeiros Voluntários de Joinville, capitão Carlos Kelm, explica que as ruas com maior índice de acidentes em Joinville se repetem ano após ano, mudando apenas a ordem.

Kelm ressalta que a tendência é o aumento desses números em razão da falta de infraestrutura para o constante crescimento da frota.

“Esse ano vai ter mais ocorrências que nos outros anos. Podemos observar um crescimento de acidentes. O trânsito está cada vez pior na cidade. A cidade não cresceu, as ruas são as mesmas mas tem muito mais carro”, salienta.

Kelm destaca ainda a característica das ruas e reitera que, por serem de grande movimentação, isso se reflete nos índices de colisões.

“São todas vias principais de trânsito, ruas de grande fluxo de veículos. Em certos horários elas ficam totalmente tomadas. Essas ruas cortam a cidade inteira de Norte a Sul. A Monsenhor Gercino, por exemplo, é a rua principal que leva para a zona Sul”, aponta.

Imprudência

Além do alto volume de carros nas vias, o comandante destaca a indisciplina por parte dos motoristas.

“As pessoas continuam dirigindo com imprudência e a maior parte dos acidentes são com motos. E motos pequenas. A culpa reside no cara andar acima da velocidade em um trânsito que já está complicado”, avalia.

A falta de atenção também é preocupante para o comandante. Para Kelm, há excesso de velocidade e excesso de confiança.

O ranking das ruas mais perigosas de Joinville:

  1. Rua Monsenhor Gercino – 139 acidentes
  2. Rua Dona Francisca – 133 acidentes
  3. Rua Quinze de Novembro – 90 acidentes
  4. Rua Tuiuti – 84 acidentes
  5. Rua Florianópolis – 72 acidentes
  6. Avenida Santos Dumont – 71 acidentes
  7. Rua Santa Catarina – 65 acidentes
  8. Rua Albano Schmidt – 64 acidentes
  9. Rua Iririu – 64 acidentes
  10. Rua Fátima – 54 acidentes

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram