A Polícia Civil, por meio de suas Delegacias Especializadas, realizou uma grande operação nesta quinta-feira, 12, em Santa Catarina que prendeu pelo menos 41 criminosos - 12 em Florianópolis e 29 nas demais regiões. Na Capital, na Grande Florianópolis (São José, Palhoça, Biguaçu) e no Rio de Janeiro a Decod (Delegacia de Combate às Drogas) mobilizou 110 policiais civis para cumprir 25 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de prisão temporária e quatro internações de adolescentes. Nas demais regiões, 325 policiais civis das DIC (Delegacias de Investigação Criminal) cumpriram 74 mandados de busca e 59 mandados de prisão. Quer receber as notícias do Jornal de Joinville no WhatsApp? Clique aqui No Bairro Monte Cristo foram presos 12 criminosos que atuavam em Florianópolis, São José, Biguaçu, Palhoça e Rio de Janeiro. O esquema foi descoberto a partir da localização de um pacote com seis quilos de maconha endereçado a uma pessoa que morava no Rio de Janeiro, pelos Correios. A partir deste fato os agentes da Decod começaram uma investigação e descobriram que os criminosos catarinenses tinha uma conexão com traficantes independentes do Rio de Janeiro. “O grupo fazia parte de uma organização baseada no Bairro Monte Cristo e com ramificação na Grande Florianópolis e as remessas eram mensais ou quinzenais, conforme a demanda”, explicou o Delegado da Decod, Attílio Guaspari Filho, que coordenou a operação. O delegado-geral Adjunto, Luiz Ângelo Moreira, apresentou o balanço do trabalho das DIC das operações realizadas nesta quinta-feira, 12, nas demais regiões. “Foram 29 presos, 3,8 quilos de drogas (maconha e crack ) e 74 mandados de busca e apreensão. Considero uma operação bastante exitosa mas que ainda está em andamento em algumas cidades e novas prisões ainda podem ser feitas”, destacou o delegado Luiz Ângelo Moreira. *Com informações da Secretaria de Comunicação do governo do Estado