A Polícia Civil prendeu cinco pessoas na tarde desta sexta (29) suspeitas de furtar energia elétrica na Praia do Ervino, em São Francisco do Sul. Dentre elas estão três comerciantes.

Conforme o delegado Rafaello Ross, a ação conjunta com a Celesc constatou que os autores conectaram a fiação do poste de fornecimento de energia elétrica diretamente aos seus estabelecimentos comerciais, sem passar os fios pelo medidor.

A manobra, conhecida como gato, já vinha sendo utilizada pelos suspeitos há um longo tempo, diz a polícia, para furtar a energia elétrica.

Foto Divulgação

Ainda segundo o delegado, a prática ilícita por meio de ligação direta do poste até o comércio ou residência coloca em risco o sistema elétrico dos moradores daquela região e a vida de quem fez a instalação e das pessoas que circulam pelo local. A manobra também encarece a tarifa dos demais usuários.

Após os procedimentos legais, os presos foram colocados em liberdade mediante o pagamento de fiança, que chegou ao valor de R$ 10 mil. Eles responderão pelo crime de furto de energia elétrica.

Segundo a Polícia Civil, operações como essa serão constantes em São Francisco do Sul.

 

EXCLUSIVO PARA MATÉRIAS DE SEGURANÇA

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram