A formação de um ciclone de forte intensidade entre o Uruguai e o Rio Grande do Sul têm movimentado as discussões nas redes sociais.  O fenômeno deve ganhar intensidade nesta terça-feira (13), mas, segundo o meteorologista Leandro Puchalski, da RBS, o ciclone deve afetar pouco o clima em Santa Catarina. De acordo com informações do meteorologista, nesta quarta-feira (14), durante a manhã, ele deverá ser muito forte entre Buenos Aires,a na Argentina, e Montevideu, no Uruguai. Segundo o mapa acima, ele permanece no mar um pouco mais afastado, mas trazendo vento mais forte para o Rio Grande do Sul. Na quinta-feira (15), a previsão (no mapa abaixo) é de que o ciclone fique bem afastado. Com isso, a influência sobre o vento no continente diminui, ou seja, o fenômeno não deve se aproximar de Santa Catarina.
Foto: Blog Leandro Puchalski/Divulgação
Foto: Blog Leandro Puchalski/Divulgação