Uma forte frente fria ocasionou uma chuva de granizo na cidade de Lages, na Serra catarinense, no fim da manhã desta sexta-feira (10). O granizo provocou estragos em residências dos bairros Conta Dinheiro, Gethal, Vila Mariza e Guarujá, os quais foram mais atingidos. Mas houve registro de granizo e ventos fortes no bairro São Paulo, na zona Oeste. Houve acúmulo de granizo, principalmente na região do aeroporto. Um dos bairros mais atingidos foi o Guarujá, na zona Norte, onde fica o Lages Garden Shopping. Devido ao acúmulo de água nas calhas, ocorreu transbordamento e parte do forro na praça de alimentação do shopping cedeu. Algumas lojas ficaram debaixo d’água. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ninguém ficou ferido.
Situação caótica que a chuva de granizo e torrencial provocaram em Lages nesta sexta-feira (10) Foto: Defesa Civil / Divulgação
Segundo o Lages Diário, o rio Carahá transbordou ainda antes do meio dia, em pontos que são costumeiros, caso defronte ao Fórum Nereu Ramos, no Centro; ruas do bairro Sagrado Coração de Jesus, próximo ao rio Passo Fundo, e ainda na rua Ponte Grande, no bairro Guarujá, na zona Norte, onde o rio Ponte Grande também transbordou. De acordo com a estação do Cemaden, no pico de chuva, precipitou 26 mm em 20 minutos. O que mais chamou atenção foi o acúmulo de granizo. As pedras não eram grandes, mas caíram em grande quantidade.
Granizo em Lages | Foto Mirele Jesus Carvalho
Granizo no bairro Guarujá | Foto Vanessa Veloso
Por conta da chuva, a Defesa Civil da cidade de Lages está com quatro equipes espalhadas pela cidade, para auxiliar a comunidade atingida. Segundo o órgão, há o resgate de famílias em locais de difícil acesso, queda de árvores e muros, além de destelhamentos por causa do granizo. O município está recebendo nesta semana os Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC) e algumas competições foram suspensas.