Chefe de segurança é morto a tiros durante festa no interior do Sul catarinense; primos foram presos

Foto: Arquivo Pessoal

Por: OCP News Criciúma

16/10/2023 - 08:10 - Atualizada em: 16/10/2023 - 08:33

Na noite deste domingo, um homicídio foi registrado durante uma festa no interior de Meleiro. O chefe de segurança de uma empresa privada que atuava no local foi alvejado por disparos de arma de fogo.

Cristian da Rocha Genuíno, de 40 anos, não resistiu e morreu ainda no local. Um colega dele foi alvejado na perna e socorrido.

A ocorrência

A PM foi acionada por volta das 22h para se deslocar até o Clube Floresta, na Gruta do Rio Jundiá. Os policiais foram informados que Cristian estava no evento com sua equipe de trabalho, quando, na entrada do estabelecimento ocorreu uma discussão envolvendo homens e mulheres.

Um dos homens saiu, foi até o carro, pegou uma arma, voltou e atirou duas vezes na cabeça de Cristian.

A área foi isolada para a realização dos trabalhos das polícias, Civil e Científica.

Após o crime, o autor fugiu em um Gol, porém a Polícia Militar agiu rápido e prendeu o acusado e seu primo na localidade de Sapiranga. Ambos têm 28 anos e moram em Araranguá.

Eles foram encaminhados à Central de Plantão Policial de Araranguá, autuados por homicídio e tentativa de homicídio e levados ao Presídio Regional de Araranguá.

Conforme a Polícia Civil, a arma usada nos crimes foi jogada em meio a uma granja de arroz e não foi localizada.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Karin Mariana/Portal Agora!