Pelo menos dois casos de agressão foram registrados pela Polícia Militar e pelos Bombeiros Voluntários de Jaraguá do Sul na noite deste sábado (24).
Às 20h02, a PM foi chamada para atendimento de rixa entre dez pessoas na rua 1º de Maio, no bairro Estrada Nova. Quando a polícia chegou no local da ocorrência, encontrou apenas um homem no portão da casa. Ele estava ingerindo bebida alcoólica e o som na residência estava com o volume extremamente alto. A polícia consultou o nome do suspeito no sistema e verificou que ele estava com um mandado de prisão em aberto.
Os bombeiros voluntários foram chamados às 21h29 para atendê-lo. O homem, de 33 anos, estava com a boca machucada e tinha ferimentos nos braços e no ombro esquerdo por causa da briga. Após o atendimento prestado pelos socorristas, ele foi levado para o Presídio Regional de Jaraguá do Sul. O som causador da perturbação foi recolhido.
No bairro Jaraguá 99, a Polícia Militar atendeu ocorrência de violência doméstica na rua Ernestine Glau Krueger às 21h46. Uma mulher de 29 anos relatou à PM que foi agredida pelo companheiro com socos e chutes. "Só não ocorreu algo pior" porque houve a interferência da filha da vítima que ajudou ela a escapar, diz o relatório da polícia. A mulher foi atendida pelos bombeiros às 22h04. Ela estava com ferimentos na face e foi conduzida ao hospital.
Os policiais entraram em contato com o suspeito. Segundo a PM, ele não acatou as ordens e ofereceu resistência. A polícia utilizou arma não-letal para prendê-lo.
Segundo os bombeiros, o homem de 45 anos foi atendido na rua Paulina Krueger Lescowicz, no bairro Jaraguá 84, às 22h43. Ele estava com ferimento na face e nos olhos. Depois de atendido, o suspeito foi levado pela PM para a Delegacia de Polícia.