Caso John Lennon: Polícia deve ouvir testemunhas nos próximos dias

Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação

Segurança

Por: OCP News Jaraguá do Sul

quarta-feira, 04:08 - 07/06/2017

OCP News Jaraguá do Sul
Até a tarde desta quarta-feira, o paradeiro de John Lennon Thalinn da Silva, 26 anos, continua desconhecido. O rapaz não voltou para casa, no município de Schroeder, no Norte catarinense, desde que saiu na noite de sábado (3) para ir a um baile com um amigo. De acordo com esse amigo, eles se despediram por volta das 5h de domingo. John Lennon afirmou que iria para casa e retornaria mais tarde para buscá-lo. Os dois trabalhavam juntos em um supermercado da cidade. Segundo o delegado André Beckmann, que investiga o caso, as duas últimas pessoas que viram o jovem – um amigo e um familiar – deverão ser ouvidas em depoimento nos próximos dias. Embora a investigação já esteja sendo realizada, o delegado afirma que o caso ainda não está sendo tratado como crime. “A princípio, não temos elementos de informação para afirmar com certeza se houve desaparecimento criminoso. Por enquanto, o caso está sendo tratado como uma troca de domicílio, um abandono de lar”, explica. Beckmann conta que a Polícia Civil tomou conhecimento do desaparecimento e assim que o boletim de ocorrência foi registrado, delegacias das cidades vizinhas foram consultadas. Apesar disso, até o momento não há informações a respeito do paradeiro de John Lennon. *Qualquer informação sobre o possível paradeiro de John Lennon pode ser repassada à Polícia Civil, pelo disque-denúncia, telefone 181, ou à família pelos telefones (47) 98835-8840 e (47) 99992-9223.
Leia mais: - Polícia ainda não tem pistas do que pode ter motivado desaparecimento de John Lennon  
×